Campanha que chega ao Rio conscientiza sobre riscos relacionados à diabetes<br> - Diabetes, Vida e Comunidade

Campanha que chega ao Rio conscientiza sobre riscos relacionados à diabetes

18/10/2016 - Extra Globo


Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), em parceria com o Ibope e duas farmacêuticas, constatou que mais da metade das pessoas com diabetes não sabe dos riscos que correm de ter doenças cardíacas relacionadas. Diante disso, a SBD criou uma campanha para conscientizar a população sobre o impacto da diabetes sobre o coração e os rins. A “Diabetes sem complicações” chega hoje ao Rio e fica até amanhã, na Estação General Osório do Metrô, em Ipanema, na Zona Sul do Rio.

— O objetivo é que se reconheça e cuide da diabetes precocemente. É importante que os já diagnosticados façam o controle da doença e exames regularmente — diz Melanie Rodacki, presidente da regional da SBD no Rio.

A médica alerta para os sintomas da doença:

— Urinar muito, beber muita água (sede excessiva), acordar à noite pra urinar, visão turva e perda de peso inexplicável podem ser sinais de glicose alta no sangue.

O endocrinologista Flávio Cadegiani explica que a constipação e a disfunção erétil são complicações menos comuns da diabetes, mas acontecem. Ele afirma que pessoas com a doença ¨podem ter redução da expectativa de vida em até dez anos.

— Alertar sobre os riscos não é exagero. Quanto mais tempo levar para tratar, mais problemas para a vida inteira. O cuidado tem que ser agora.

A ação terá um quebra-cabeça gigante com dados sobre problemas cardíacos e renais entre diabéticos, bem como informações sobre prevenção. Haverá ainda um painel eletrônico que calculará, em tempo real, o número de mortes por causas cardiovasculares relacionadas ao diabetes.

A ação terá um quebra-cabeça gigante com dados sobre problemas cardíacos e renais entre diabéticos, bem como informações sobre prevenção. Haverá ainda um painel eletrônico que calculará, em tempo real, o número de mortes por causas cardiovasculares relacionadas ao diabetes.

Os efeitos do diabetes no corpo

Estima-se que cerca de 13 milhões de pessoas tenham diabetes no Brasil. Só no estado do Rio de Janeiro, há registro de mais de 132 mil pessoas com diabetes.

No sistema nervoso: o paciente pode ter dificuldade de sensibilidade, como não identificar dor ou temperaturas mais altas. Isso pode causar feridas graves, que tem alto risco de infecção e demoram a cicatrizar.

Nos olhos: a diabetes pode levar a alterações visuais na pessoae, inclusive, a cegueira. Ataca a retina.

No coração: pode causar um aumento de risco de AVE (derrame) de enfarte. O risco de doença cardiovascular, como o AVC, é de duas a quatro vezes maior nestes pacientes e pode ser mais grave.

Nos rins: a doença pode causar pressão alta e insuficiência renal. Até 40% dos indivíduos com diabetes desenvolvem problemas nos rins.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.