Especialista alerta que diabéticos devem tomar cuidado ao aderir à dieta low carb - Diabetes, Vida e Comunidade

Especialista alerta que diabéticos devem tomar cuidado ao aderir à dieta low carb

02/05/2017 - http://www.acritica.net/


Com frequência dietas que prometem perda de peso ganham muitos adeptos e a receita da vez é a low carb. A proposta é reduzir consideravelmente a ingestão de carboidratos, principalmente no período noturno, e aumentar com isso o consumo de proteína e gordura saudável. O emagrecimento acontece justamente por essa menor quantidade de alimentos, que faz com que o organismo baixe a produção de glicemia no período noturno. Apesar do aparente benefício instantâneo, existem contraindicações, principalmente quando o caso for com diabéticos. De acordo com o médico Theo Webert, que atua em nutrologia e é referência em qualidade de vida e bem estar, pacientes com diabetes que sejam desejam seguir a dieta low carb precisam de orientação profissional e um acompanhamento sistemático.

"A dieta é baseada em altas quantidades de proteína e gordura, no entanto ela pode ser seguida por diabéticos. Porém, eles devem estar com a taxa de glicemia controlada e constantemente observada. Até porque o diabético necessita do carboidrato complexo para o controle das taxas”, explica. Segundo o médico, a dieta não extingue o sacarídeo por completo; ela reduz em 100 gramas por dia o consumo desse grupo funcional, sendo este o fator preocupante para o diabético.

Prescrição


Em casos da deficiência glicêmica, a inclusão de carboidratos no planejamento alimentar do paciente é obrigatória e essencial. “Quando se pensa em indivíduos diabéticos, pré-diabéticos ou resistentes à insulina, sabe-se que existem alguns com desregulação constante do eixo insulínico. Neste caso, a low carb é contra-indicada”, alerta o especialista.

Alimentos de carboidratos complexos, como mandioca, batata-doce, inhame, entre outros, ajudam na regulação da taxa glicêmica. "Eles são metabolizados lentamente, liberando glicose de forma gradativa para o sangue. Devido à quebra de moléculas progressivas, o paciente pode sentir saciedade, minimizando a eliminação de insulina após refeições", diz.

"Defendo que cada paciente possui suas características individuais. Portanto, sempre o melhor caminho é procurar uma orientação especializada, até mesmo para que os resultados sejam melhores e não haja algum tipo de risco para o paciente", além disso, o profissional da saúde frisa que nenhum caso deve ser analisado de forma global, todos os pacientes devem ser avaliados de acordo com sua individualidade.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.