"Para Maria" - Diabetes, Vida e Comunidade

"Para Maria"

17/07/2003 - Comunidade DiabeteNet.Com.Br

Outras Palavras - João Teófilo Rodrigues Maia

Desculpem o meu ceticismo, mas fiquei extremamente triste quando lí, esta semana, a notícia sobre o transplante de pâncreas intervivos. Triste, não pela senhora que recebeu, e muito menos pela filha que doou, mas fiquei triste pelo seguinte:

Vejo como um absurdo um país que tem um potencial imenso de doações de órgãos apelar para este recurso que somente é empregado nos EUA. Lá, já se esgotaram quase todos os recursos de captação e vale mencionar que até o "Pecado mortal" da venda de órgãos é praticado legalmente. "Eles fazem de tudo para salvar uma vida..."

Não estou criticando, também, a nobre iniciativa da equipe, mesmo porque conheço pessoalmente estes senhores, e muito menos repetindo o que já ouví de muitos endocrinologistas de que "só vai para transplante de pâncreas quem abusou dos descuidos".

A diabetes mata, disso nenhum de nós tem dúvidas. Ela cega, ela aleija, ela dói... mas o que mata muito mais do que a diabetes é a falta de humanidade de algumas famílias, é o fanatismo religioso que proíbe transplantes, é a mídia que dedica uma página inteira reportanto porque a Adriane Galisteu "Adora Dinheiro" e nenhuma linha sobre o milagre que os médicos estão conseguindo com a utilização da veia porta para receber as células beta.

O Globo repórter dedica cinco ( CINCO !!! ) blocos de programa para falar sobre os bichinhos do Canadá, mas nunca, nunca em seus mais de 20 anos de existência, dedicou um bloco sequer para explicar à nossa população menos informada que "Venda de órgãos" não significa uma menininha se perder no Shopping e reaparecer dois dias depois sem um dos rins ( ! ).

Isto é absurdo! E vocês sabem qual o resultado de tudo isso? Diversos órgãos sadios são enterrados todos os dias enquanto seres humanos, sem mais dignidade, sem mais forças, e o pior de tudo, sem mais esperanças, morrem atrelados a crucifixos e a máquinas de hemodiálise, largados ao destino pelo SUS como animais ( Ah, desculpem. A digníssima Sociedade Protetora dos Animais conseguiu que animais não morressem mais em hospitais-escola porque isto é muito desumano... ).

É por isso tudo que acho vergonhoso para nós, transplantados, aplaudir saídas como estas.

Repito: VERGONHOSO PARA NÓS, mas louvável para os médicos que cansaram de esperar pelas doações de órgãos que nunca chegam, enquanto vêem seus pacientes morrendo.

"Será que a dor de uma família é tão grande que consegue bestificar seus membros e cegá-los a ponto de não perceberem que a doação pode salvar várias outras vidas?".

Obs: Sugiro que, se tiverem um tempinho, visitem a página da ADOTE - Aliança Brasileira pela Doação de Órgãos e Tecidos www.adote.org.br e leiam o depoimento chamado "Para Maria".

João Teófilo Rodrigues Maia
A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Artigos
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.