Veja como foi o chat com o Dr. Marcelo Perosa e tire muitas de suas duvidas nas questões respondidas. - Diabetes, Vida e Comunidade

Veja como foi o chat com o Dr. Marcelo Perosa e tire muitas de suas duvidas nas questões respondidas.

16/11/2003 - Comunidade DiabeteNet.Com.Br

Dr. Marcelo Perosa

Trazemos a seguir a transcrição de algumas das principais perguntas respondidas pelo Dr. Marcelo Perosa no chat da Comunidade DiabeteNet.Com.Br do dia 10/11/2003. Gostaríamos de esclarecer que publicamos apenas as que dizem respeito às principais dúvidas de nossos usuários que coincidem com muitas das enviadas através de nosso canal de comunicação “Fale Conosco”.

Um detalhe que vale a pena ser citado é que o Dr. Marcelo Perosa estava se preparando para um transplante de pâncreas e, a pedido da própria paciente, compareceu ao nosso chat pouco antes da cirurgia, enquanto sua equipe fazia os preparativos.


[João DiabeteNet]  "Boa noite, Dr. Marcelo, bem vindo ao chat da Comunidade DiabeteNet.Com.Br.

[Dr. Marcelo Perosa]  "Boa Noite a todos e, antes de mais nada, parabéns ao Diabetenet e toda sua equipe por mais esta conquista - o Chat ao vivo."

[João DiabeteNet] Nós é que agradecemos sua gentil presença, mesmo após ter realizado um transplante exaustivo neste final de semana e estar prestes a realizar mais um daquí a pouco.

[wshc]  "Gostaria de saber mais sobre as pesquisas a respeito do transplante de ilhotas."

[Dr. Marcelo Perosa]  "As pesquisas sobre TX de ilhotas estão muito avançadas. Atualmente, todos os centros avançados, onde nos incluímos, estão na fase clínica, isto é, fazendo os primeiros casos em seres humanos."

[sandra Pereira ] "Já em seres humanos?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Sim, Sandra. Acabamos de concluir nosso primeiro caso de Tx de ilhotas e a paciente está livre da insulina após 4 infusões. Outros casos estão sendo preparados."

[sandra Pereira] "Este tipo de cirurgia só existe em São Paulo?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Atualmente nosso grupo é o único com casos realizados. Outros se preparam em fase de laboratório."

[wshc] "Sobre o transplante de ilhotas protegidas, que é imune ao ataque dos nossos anti-corpos,evitando os remédios contra rejeição, o Sr. tem ciência dessa pesquisa? Qual o progresso?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "O TX de ilhotas com encapsulamento, ao qual se refere o colega, está ainda em fase preliminar de estudo. Ninguém conseguiu sucesso no mundo com esta técnica. Apenas injetando as ilhotas nuas, isto é, sem proteção. Por isso, ainda há necessidade de imunossupressão."

[João DiabeteNet]  "Dr. Marcelo, uma outra saída seria o xenotransplante, inclusive o Dr. James Shapiro está falando bastante sobre este novo recurso. Na sua opinião, seria viável este tipo de transplante?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "O xenotransplante é uma promessa, mas com problemas sérios de infecções desconhecidas advindas de animais e casos graves de rejeições incontroláveis. Acho que o caminho mais curto será proliferar células e fazer banco de células."

[wshc] "É necessário entrar em fila para realizar o transplante de ilhotas? Existe algum critério?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Não há fila ainda para o TX de ilhotas. Os pacientes necessitam passar por uma avaliação rigorosa com a equipe de pesquisa e, se preencher os critérios, é incluido."

[sandra Pereira] "Quais são esses critérios?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Os critérios para TX de ilhotas estão bem ilustrados em entrevistas e reportagens no Diabetenet com o Dr. Freddie Goldberg. Acho que valeria a pena acessar o site para esclarecerem-se as dúvidas. Em suma, há necessidade de se tratar de diabético tipo 1 há pelo menos 5 anos e com hiperlabilidade caracterizada por 2 endocrinologistas e sem complicações secundárias importantes."

[mj]  "Dr.Marcelo, minha filha está inscrita p/pâncreas/rim No HRimHipertensão. Existe outro meio [e onde] p/ fazer o transplante duplo?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "MJ, existem várias equipes de transplante de pâncreas e pâncreas/rim pelo país. A nossa é uma delas. Todos os pacientes têm liberdade de escolher as equipes que quiserem. No site, há um cadastro de todas estas equipes."

[Sonia]  "No transporte de ilhotas são necessários imunodepressores?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Nos dias atuais, o TX de ilhotas requer imunossupressão como os transplantes de órgãos sólidos."

[wshc] "É muito caro esse tipo de transplante> Pode ser feito pelo SUS?"

[Dr. Marcelo Perosa] "Os transplantes podem ser feito de todas as formas, particular, por seguro saúde ou pelo SUS."

[Miriam] "Dr. Marcelo, nos transplantes com doadores diferentes [Pâncreas-->Cadáver / Rim-->Vivo], como é feito o diagnóstico da rejeição?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Miriam, este transplante duplo com doadores diferentes tem sido algo muito especial e de nossa preferência . A monitorização da rejeição é semelhante aos transplantes duplos. Entretanto, o pâncreas e o rim podem ter rejeições independentes pois vêm de doadores diferentes. Basta acompanharmos os parâmetros de cada órgão bem de perto."

[Karine ] "Dr. Marcelo quais os criterios para o transplante do pancreas?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Karine, os critérios para transplante de pâncreas são: diabéticos tipo 1 ou 2 (insulino-dependente em casos selecionados) e presença de complicações do Diabetes como retinopatia, nefropatia, neuropatia ou doença cardiovascular progressiva."

[Miriam] "Dr.Marcelo, Qual sua opiniãosobre o protocolo de retirada de corticóides? Já tem sido adotado por sua equipe?}"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Miriam, o protocolo de retirada de corticóide é bastante atraente e estamos caminhando para ele. Deveremos iniciar , em breve, seleção de alguns pacientes para o desmame do corticóide."

[Karine] "E no meu caso, que tenho 19 anos, diabetica há 10, e não consigo controlar meus niveis de glicose, ou estão muito altos em torno de 380 ou muito baixos sendo que já chegou a 18. Seria viavel o transplante Dr. Marcelo?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Karine, talvez você seja uma diabética considerada hiperlábil. Se seu endócrino julgá-la como tal, valeria a pena passar por uma avaliação para transplante."

[Cristiane] "Já que o Sr. mencionou que diabetes do tipo 1 é um caso para transplantes, será que essa complicação chamada retinopatia, no meu caso, que já foi confirmado pela minha oftalmologista, seria um caso pra transplante?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Cristiane, todo diabético tipo 1 que começa a ter complicações secundárias é um potencial candidato a transplante. Acho que, no mínimo, é válido uma avaliação com uma equipe especializada nestas situações."

[Sandra Pereira] "No site tem informações sobre as equipes em todo o Brasil?"

[João DiabeteNet]Sim, Sandra, temos uma relação completa de todos os centros transplantadores de pâncreas e rim/pâncreas do Brasil, basta consultar no item “Centros Transplantadores

[João DiabeteNet]  "Dr. Marcelo, qual a taxa de sucesso atual de sua equipe, ou seja, de cada 100 tx, quantos pâncreas continuam funcionando após um ano?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "João, estamos completando hoje 195 transplantes de pâncreas. Nossos resultados hoje, com muito orgulho, são semelhantes aos dos países desenvolvidos, com sobrevida de paciente de 95% e sucesso de rim e pâncreas, respectivamente de 85% e 82%."

[Cristiane] "Aqui, no estado do Rio, encontro esta equipe?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Cristiane, no RJ há uma equipe de transplante de pâncreas. Pode-se informar com mais detalhes no cadastro dos Centros Transplantadores do DiabeteNet."

[Cristiane] "A única chance de cura para diabetes é o transplante? Por que, já estão descobrindo a cura do Cancer, e da Aids, e a do Diabetes?"

[wshc ] "O Diabetes não é uma doença solitária, ela atinge não só o doente como todos os que estão a sua volta. Existe uma pespectiva para a cura desta doença? Alguma esperança para os milhões de diabéticos e seus familiares?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Acho que a "cura" do diabetes, de certa forma, já existe. O transplante pode ser considerado como tal, apesar da necessidade dos imunossupressores e de ser restrito a casos muito selecionados. Mas acredito que as pesquisas em ilhotas e células tronco deverão levar-nos a esta cura de forma mais ampla e generalizada."

[wshc] "Obrigado, Dr. Marcelo, foi muito esclarecedor e suas palavras levantaram o ânimo desta família. Agradeço muitoa so senhor."

[Sandra Pereira] "Mas no caso do diabetes tipo 1, teria que se fazer transplante de pâncreas e rim? Os dois ou tem casos que é apenas um dos dois?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Sandra, o transplante de pâncreas-rim está indicado quando o diabético já está em diálise ou na iminência da diálise. Entretanto, cada vez mais, temos recebido diabéticos com função renal ainda preservada e outras complicações da doença e, por esta razão, temos realizado mais transplante de pâncreas isolado, que também é ótima opção."

[Andrea Pereyra] "Dr. Marcelo, o senhor acha que o tx de ilhotas sería a cura definitiva da diabetes tipo I no futuro proximo? Ou ainda estamos muito longe?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "O TX de ilhotas talvez seja a solução. Porém, ainda há necessidade de vários pâncreas de doador para um só receptor. No dia que otimizarmos o rendimento de um pâncreas para vários receptores, talvez solucione a questão."

[Monica] "Já tentei vários métodos de insulinização e não estou tendo bons resultados. Isso seria um caso de transplante?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Monica, se seu endocrinologista acreditar que você é uma diabética de difícil controle ( hiperlábil ) , você deve pensar em uma avaliação para transplante".

[João DiabeteNet]  "Dr. Marcelo, o SUS já fornece Rapamune, em alguns casos. O senhor acha que a imunossupressão sem corticóides poderá preservar o pâncreas devido ao menor esforço das ilhotas provocado por este medicamento?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Excelente pergunta, João. O rapamune é um imunossupressor novo e promissor. Vem sendo usado em protocolos de ilhotas e estamos planejando usá-lo para TX de pâncreas também. Acho que quanto mais afastarmos os efeitos adversos dos imunossupressores sobre as ilhotas, maior chance e mais tempo de sucesso o pâncreas terá."

[Andrea Pereyra] "Dr. marcelo, uma pessoa transplantada de pancreas/rim pode engravidar? Quais são os riscos?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Andréa, qualquer transplantada tem condições de engravidar desde que seja com acompanhamento rigoroso de sua equipe transplantadora e do pré-natal."

[Sonia ] "Existe uma idade mínima para transplante de ilhotas?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Sonia, o protocolo de ilhotas inclui pacientes de 18 a 50 anos."

[Cristiane] "Por que ainda não criaram um remédio, que não fosse injetável?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Cristiane, até o momento não existe medicamento via oral que substitua a insulina, pois este hormônio, se tomado via oral, é eliminado no suco gástrico."

[Andrea Pereyra] "Dr. Marcelo, para uma criança de 3 anos que foi diagnosticada com diabetes tipo I ha 3 meses, o senhoo acha que ´será possivel que exista a cura ou algum novo tratamento que o impeça de ter complicações?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Andrea, o que tenho a dizer para uma criança que acaba de se tornar diabética é que ela não será diabética para a vida toda, com certeza. Antes olhávamos o diabetes como uma doença para o resto da vida. Hoje existem saídas. Mas nenhum tratamento mais agressivo como transplante está indicado para crianças por enquanto."

[João DiabeteNet]  "Dr. Marcelo, o protocolo de Edmonton restringe mulheres que estão pensando em engravidar de um possível transplante de ilhotas. A equipe da qual o senhor faz parte também faz esta restrição e porque?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "João , a restrição de pacientes que pensam em engravidar é a mesma que para qualquer programa de transplante. Devemos ter a garantia que uma mulher não engravide por pelo menos 2 anos após um transplante para equilíbrio da recuperação e dos imunossupressores."

[Sandra Pereira] "Quais as chances de uma mulher engravidar do parceiro diabético, ter um filho também diabético?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Sandra, apesarde o diabetes tipo 1 não ser tido classicamente como hereditário, o fato é que vários pacientes diabéticos tipo 1 têm filhos também diabéticos. Não saberia dizer o risco exato, mas é superior, sem dúvida do que a população sem diabetes."

[Monica] "Dr. Marcelo, qual é a duração da cirurgia? Será necessária transfusão de sangue?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Monica , o transplante de pâncreas leva cerca de 4 horas. Quando TX pâncreas-rim, cerca de 7 a 8 horas. Por vezes, há necessidade de transfusão, especialmente se o paciente chega ao momento do transplante com anemia importante."

[Monica] "OBRIGADA"

[Heleno] "Dr. Marcelo qual a possibilidade de um transplantado vir a trocar o corticoide por rapamune?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Heleno, qualquer mudança nos esquemas de imunossupressão devem ser realizados baseados em protocolos bem dirigidos. A opção do rapamune é válida, mas ainda muito recente, eqnuanto o corticóide já existe há 40 anos e com segurança."

[Paul] "Dr. Qual a chance de haver um tratamento com células tronco para a cura definitiva de Diabetis tipo 2?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Paul, há linhas de pesquisa em células tronco para tratamento do diabetes. Mas desconheço aqui no Brasil. Acho que o caminho mais rápido será a viabilização das ilhotas."

[Andrea Pereyra] "Dr. Marcelo, uma pessoa transplantada de Pancreas/rim pode ter uma vida normal tomando os imunosupressores? "

[Dr. Marcelo Perosa]  "Andrea, a maioria dos transplantados levam uma vida normal tomando seus imunossupressores. O mais importante é que certamente levam uma vida melhor do que antes do transplante. Temos vários exemplos neste chat e testemunhos também."

[Sonia] "As pesquisas sobre transplantes, imunossupressores, e outras que melhorariam a qualidade de vida dos diabéticos estão demorando muito a dar uma resposta. O desenvolvimento de outras áreas da medicina me parece muito mais rápido. Por que?"


[Dr. Marcelo Perosa]  "Sonia, na verdade a medicina dos transplantes caminharam mais rápido do que imagina e, principalmente, nos últimos anos, com novos imunossupressores. O problema dos transplantes é sempre a limitação do número de doadores, que n~~ao é suficiente para todos."

[Monica] "Qual o período da rejeição ao transplante? É imediato, ou pode se suceder tempos depois?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Monica , o período mais frequente da rejeição são nos primeiros 3 meses de transplante."

[Paul] "Dr, qual a diferença básica entre ilhotas e células tronco?"

[Dr. Marcelo Perosa]  "Paul, a pesquisa com células tronco são células da medula que se diferenciam e se tornam ilhotas. Ilhotas são as células do pâncreas que produzem a insulina. As pesquisas sobre ilhotas são mais rápidas, pois não há necessidade de uma tranbsformação das células. Nós já pegamos o pâncreas de um doador e separamos diretamente as ilhotas."

[Dr. Marcelo Perosa]  "Gostaria de agradecer o convite ao Diabetenet e parabenizar toda a equipe deste site . Para encerrar, vale a pena deixar o recado que o Brasil é o número 2 em número de transplantes no mundo, só perdendo para os Estados Unidos. Hoje, pode-se realmente dizer que o Brasil não é somente o país do futebol ou do carnaval... o Brasil é também o país da medicina de ponta e dos transplantes. Boa noite a todos."

[Miriam] "Dr. Marcelo, gostaria de lhe dar os parabéns pelo pioneirismo!"

[Heleno] "Ao Dr. Marcelo e ao Dr. Tércio nossa eterna gratidão pela força que nos deram"

[João DiabeteNet] "Agradeçemos mais uma vez à disposição do Dr. Marcelo Perosa que a tanto tempo nos auxilia na divulgação da cura do diabetes através do transplante. Sou prova viva desse belissimo trabalho que o Dr. Marcelo realizada em conjunto com o Dr. Tércio Genzini e sua equipe."

"Agradeçemos a presença de todos. Vocês fazem a comunidade ser o que é.

"Agradeçemos aos nossos patrocinadores Roche e RIMED por nos prover recursos juntamente com a e.Mix Informática, mantendo a nossa Comunidade em funcionamento.
A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

  • carol
    10/11/2008 - 21:06

    eu goatria de saber qdo uma pessoa pode fazer o transplante, em que situaçao o medico recomenda, eu gostaria muito de fazer nao sei se posso tambem sei que nao é facil,tenho 20 anos e sou diabetica desde os 07.

  • eliza
    21/11/2008 - 01:19

    tenho um sobrinho que tem diabetes juvenil´há dois ano qual a chance de um trtamento com celulas troncos como faço p/ escrever ele por favor desde já agradeço .

  • Ribamar
    26/02/2009 - 02:30

    Minha filha tem três anos e é insulino-dependente à oito meses, e temos tido muito trabalho para manter a sua taxa de glicose controlada, ela toma só quatro unidases pela manhã e mesmo assim, durante a madrugada temos que ficar atentos pois ela tem feito muita hipo chegando a ficar com 32.
    Será que ela já tem idade para participar desse tranplante de ilhotas? E se puder, como faço para inscreve-la? Grato.

  • rute lima
    25/03/2009 - 21:56

    dr.marcelo eu tenho diabetes e meumarido tambem,ele faz tratamento no cedeba uma clinica expecializada em diabetes,eu nao pude fazer pois a cituação para se obter tratamento lá, e para quem estar em estado grave meu açucar estar hoje em 320 e meu marido com uso de insulina estar em +ou- 109 mais já esteve em hi, gostaria de saber como posso ter tratamento pelo sus para que eu posso me curra desse mal na minha vida e de meu marido .meu marido tem hipertenção,problema no coração e diabetes, o triquiceres dele e mais de 600 o q faço?

  • Brenda
    04/04/2009 - 14:33

    Dr. Marcelo, minha mãe é diabetica e faz hemodiálise, porém sua fistula não está com bom funcionamento.
    Estamos pensando na possibilidade de um transplante duplo qual a sua opnião??
    Tem risco muito grave de óbito???
    Atenciosamente.

  • thionilza
    30/09/2009 - 15:06

    Dr. muito boa tarde, tenho um casal de filhos, sendo que os dois na fase da adolescencia e portando DM1.O menino tem 12 anos hoje e ha 3 adquiriu DM1, a menina tem 14 e a 3 meses tambem veio a adquirir.Gostaria de saber como me inscrever nessa questão de transplante de pancreas e se na idade deles isso é possível. Aguardo resposta anciosa.Muito obrigado e que Deus o abençoe sempre.

  • Aparecida
    27/11/2009 - 15:51

    Boa tarde, tenho ficado muito preocupada com o estado de saude de meu filho, ele tem 30 anos e aos 19 descobriu a diabetes tipo 1, se recusou em fazer tratamento, toma insulina humana, apesar de ter que tomar todos os dias, não o faz, como urina com muita frequencia e em muita quantidade fui ao médico e ao informar essa situação o mesmo disse se tratar de bexiga grande ou seja o esperma na hora da ejaculação provavelmente deve estar retroagindo para a bexiga, neste tipo de situação teria como fazer uma cirurgia de pâncreas onde eu como mãe pudesse ser doadora ou outro método que pudessemos tentar antes que a coisa fique bem mais séria? Como marcar uma consulta para uma avaliação? Aguardo com urgencia uma resposta, desde já agradeço

  • ednalva
    13/12/2009 - 22:27

    não gosto de açucar e estou c/ o meu nível de açucar nisangue só subindo, ando romando mais cuidade , mesmo asim continua. o que fazer??/

  • andrea baia
    04/01/2010 - 17:38

    tenho um filho com diabetes tipo 1 desde os 3 anos ,gostaria de saber como entrar na fila para um transplante para ele no futuro,pois não sei se criança pode realizar ,sofro muito com essa situação e ele tambem ,ele sonha em crescer sem ter diabates. aguardo sua resposta

  • Juraci Correia
    05/01/2010 - 13:49

    Mei marido tem diabetes tipo 1 - há possibilidades de fazer um transplante de pancreas e eu ser a doadora. Aguardo sua resposta. Des de já meu muito obrigado.

  • rosa dara
    06/08/2010 - 11:32

    bom meu nome é rosa dara tenho 14 anos e desde de 2007 descobri que tinha diabetes tipo 1 ta com 3 anos q covivo com esse problema e des daii que eu pesquiso pra entrar na fila de trasplate mais n consigo .. pois sonho muito um dia eu receber um pancreas meus pais tambem por favor mim ajuda espero sua resposta ..

  • silmara
    06/10/2010 - 11:02

    Mei marido tem diabetes tipo 1 - há possibilidades de fazer um transplante de pancreas e eu ser a doadora. Aguardo sua resposta. Des de já meu muito obrigado.

  • welton
    28/10/2010 - 12:59

    bom dia doutor sou diabeticos desde ao 17anos e tenho uma filha de 10anos e minha esposa e eu estamos querendo engravidar de novo ,mas ultimamente nao sai liquido do penis Espermatozoide estar saindo um liquido de esperma infantil isso é por causa do diabetes?abraços!!!!!!!!!!!!

  • juliana
    05/02/2011 - 14:13

    boa tarde!meu marido é diabético á 17anose sofre muito com a doença, ele tem neuropatia retinopatia a glicose chega a 400 e depois cai chegando a 26. morro de medo de ele desenvolver nefropatia e ir pra hemodialise pelo amor de Deus, quais as chances dele fazer?ele pode entrar na fila do transplantemesmo sem ter problemas no rim?muito obrigado desde já!

  • Kátia
    07/05/2011 - 09:49

    Faço um tratamento há 20 anos com remedios controlados, desmaiava, tenho crises convulsivas quando fico sem comer por algumas horas algumas durante o sono, sempre fui atleta por isso fazia muitos exercícios e tinha que fazer muita dieta, preciso de ajuda. Recorri há vários neurologista, um deles falou que é de fundo emocional. Agora descobri que tenho hipoglicemia. A dúvida é hipoglicemia dá convulsão? Tenho gravado hoje uma crise. Obrigado

  • priscilla
    12/05/2011 - 11:56

    dr macelo tenho uma filha de 4 anos ela toma insulina nph 6 unidade de manha 2 a noite
    e a rgular quando precisar
    a glicose dela chegou amaxima 520 e aminima41

  • priscilla
    12/05/2011 - 11:58

    dr gostaria de saber se ela pode fazer essa cirugia ou se ela e de risco

  • Ivana
    13/08/2012 - 19:19

    Dr. Marcelo, minha filha tem 6 anos e é insulino depedente, quero saber como posso faze para ela ser encaminha ao CEDEBA para tratamento pelo Sus, moro em Jequie.

  • Rafaela
    09/11/2012 - 17:10

    Minha cunhada tem diabete tipo 1 des dos 6 anos .
    perdeu os dois rins ta fazendo diasize e o pé dela é super enchado parace que tem elefantismo ela vive queixando que a perna ta quente etc . sera que ela pode casar e ter filho depois de trasplantada ?

  • Marcia
    12/07/2014 - 04:31

    Quem quiser saber sobre transplante de pâncreas isolado e pâncreas e rim e como se inscrever na lista deve ligar para o telefone 11 3541-1269 ou 11 3541-1698 e conversar com o enfermeiro Márcio.

  • Marcia
    12/07/2014 - 04:31

    Quem quiser saber sobre transplante de pâncreas isolado e pâncreas e rim e como se inscrever na lista deve ligar para o telefone 11 3541-1269 ou 11 3541-1698 e conversar com o enfermeiro Márcio.

  • Marcia
    12/07/2014 - 04:31

    Quem quiser saber sobre transplante de pâncreas isolado e pâncreas e rim e como se inscrever na lista deve ligar para o telefone 11 3541-1269 ou 11 3541-1698 e conversar com o enfermeiro Márcio.

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Entrevistas
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.