Sanduíche fast food atinge limite de gordura diária

29/8/2006 - FolhaOnLine


CLÁUDIA COLLUCCI
da Folha de S.Paulo

As principais redes de fast food do país vendem sanduíches com percentual de gordura e de sal que chegam a corresponder a quase a totalidade de nutrientes recomendados para um dia inteiro pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Um único lanche do McDonald's, o Big Tasty, por exemplo, equivale a 100% da ingestão diária de gorduras e a 64% do sódio recomendados a uma pessoa adulta.

É o que mostra um levantamento do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) nas redes Bob's, Giraffas, Burger King, Habib's e McDonald's, em São Paulo, obtido com exclusividade pela Folha.

O Idec constatou que as redes ou não informam todos os dados nutricionais dos alimentos, como é o caso do Giraffas, ou deixam de fornecer a quantidade diária de nutrientes recomendada pela OMS, como o Burger King. O McDonald's é o que fornece as informações mais completas.

Segundo Marcos Pó, coordenador-executivo do Idec, apesar de não serem obrigatórias por lei, essas informações são extremamente relevantes, especialmente se levada em conta a epidemia de obesidade que atinge o país e o mundo. As redes de fast food dizem que esses alimentos não são feitos para serem consumidos todos os dias e que hoje há opções de cardápios menos gordurosos.

Os irmãos Acauã Vaccari, 17, e Aritana dos Santos, 27, sabem disso, mas mantêm há anos uma alimentação rica em carboidratos e gorduras. Vaccari vai a lanchonetes fast food ao menos três vezes por semana. "Já cheguei a comer quatro lanches na mesma refeição.

"Não sou gordo e me sinto bastante saudável." Aritana, mãe de Igor, de nove meses, também revela hábitos nada leves de alimentação. "Todo domingo comemos algo do McDonald's", diz ela, que pede em casa sanduíches ao menos duas vezes por semana.

Calóricos, com grande concentração de gorduras, carboidratos e sódio, e ausência de vitaminas e fibras, os alimentos "trash" podem provocar ganho de peso e uma série de problemas cardiovasculares quando consumidos rotineiramente.

Excesso de peso

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 38,8 milhões de brasileiros adultos têm excesso de peso, sendo que 10,5 milhões são considerados obesos. O padrão nutricional de ingestão diária de quilocalorias (kcal) é em torno de 55% a 75% de carboidratos, 10% a 15% de proteínas e entre 15% e 30% de gorduras. A dieta diária deve somar em torno de 2.000 kcal para um adulto e 1.800 kcal para uma criança.

Comendo, por exemplo, uma porção grande de batata frita com o lanche Quarteirão com Queijo, do McDonald's, a pessoa alcança 98% da quantidade de gordura que o organismo deve ingerir por dia.

A quantidade de sal (sódio) na comida também preocupa o Idec. O hambúrguer Chicken Whopper, da rede Burger King, por exemplo, tem 1.410 mg de sódio, o que equivale a 59% do máximo recomendado por dia. No Bob's, uma das piores escolhas neste quesito é o Big Bob, que tem 88% do sódio que pode ser ingerido diariamente.

O índice de gorduras totais também é alto: 69% do valor diário. No Habib's, o beirute supera em 3 g o índice de gorduras saturadas recomendado por dia e também tem um valor alto de sódio: 1.240 mg, equivalente a 52% do total diário. O excesso de sódio pode levar à hipertensão arterial e desencadear o hipotireoidismo. Comer esporadicamente esses alimentos não faz mal à saúde, segundo os nutricionistas.

O problema é substituir refeições normais por lanches. A nutricionista Mariangela Dalaqua, consultora técnica do Conselho Regional de Nutrição, diz que o excesso de gorduras saturadas e sal contido nas redes de fast food está ligado ao aumento dos níveis de colesterol ruim e triglicérides no sangue na infância. "É cada vez mais comum ver crianças de oito, dez anos com colesterol ruim elevado e diabetes tipo 2."

Dalaqua afirma que o ideal é a substituição pelas opções menos calóricas oferecidas pelas redes. "Optar por uma salada em vez da batata, frango ou peixe grelhados em substituição ao hambúrguer e suco em vez do refrigerante é o ideal."

Colaborou MARIANA TAMARI, da Folha de S.Paulo

 

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!

264 Usuários On-Line




Surgyplast


Novos Associados

Bem-vindos:

  • Alda - MG
  • Nilvenice - SP
  • Xico - DF
  • Rosemary - SP
  • Luizreis - RJ
  • Lucineia - MT
Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.