Diabéticos podem aproveitar os prazeres da Páscoa, mas com moderação - Diabetes, Vida e Comunidade

Diabéticos podem aproveitar os prazeres da Páscoa, mas com moderação

21/03/2008 - G1 - Globo.com


Páscoa é sinônimo de chocolate. Diabetes, de controle alimentar. Mas uma coisa não precisa necessariamente excluir a outra. Médicos garantem que os diabéticos também podem aproveitar o feriado para apreciar os deliciosos ovos de Páscoa. A chave, no entanto, é preferir o chocolate sem açúcar e exercitar a moderação.

O diabetes é uma doença que surge por uma deficiência no controle das taxas de açúcar do sangue. Em algumas pessoas, o problema é que uma falha faz o organismo destruir a insulina, o hormônio responsável por esse controle – é o diabetes tipo 1, mais comum em crianças. Em outras, a insulina é produzida, mas não funciona como deveria – é o diabetes tipo 2, que aparece em pessoas mais velhas e tem um forte elo com a obesidade e o sedentarismo.

Ao comer um chocolate sem açúcar, o diabético elimina o risco de desestabilizar suas taxas de glicemia. Ainda assim, como o tipo 2 da doença está ligado à obesidade, necessário ficar alerta. O chocolate diet, apesar do nome, pode ser perigoso para quem não pode engordar.

“É preciso muito cuidado, pois o chocolate diet tem mais calorias que o comum”, disse ao G1 a nutricionista Cristiane Kovacs, do Instituto Dante Pazzanese. “O consumo deverá ser moderado”, alerta ela.

Kovacs alerta que chocolate demais faz mal para qualquer pessoa. “O recomendado é não ultrapassar 30g diárias”, diz a especialista. O conselho é pegar apenas um ovo para si, comer com calma, e dar os outros aos amigos.

O QUE É ?

Diabetes Tipo 1

É uma doença do sistema de defesa do organismo, que destrói as células do pâncreas que produzem a insulina. Normalmente afeta crianças e adolescentes, mas adultos menores de 30 anos também podem apresentá-la. Não se sabe quais são as causas.

Diabetes Tipo 2

A insulina é produzida pelo pâncreas, mas não age o suficiente para controlar a taxa de açucar. É o tipo mais comum, que atinge principalmente pessoas mais idosas, e está ligado a obesidade.

SINTOMAS

   - Sede em excesso
   - Automento no volume da urina
   - Fome além do normal
   - Fadiga
   - Fraqueza
   - Tonturas
   - Perda de peso sem explicação
   - Visão embaçada
   - Infecções urinárias
   - Dificuldade de cicatrização
   - Formigamento, dormência e dores nas mãos, pernas e pés

PREVENCÃO

Como suas causas são desconhecidas, não se sabe como prevenir o diabetes tipo 1. O tipo 2, no entanto, está ligado aos hábitos de saúde e você pode adotar alguns comportamentos para evitar a doença, principalmente se tiver um histórico familiar ligado ao diabetes. São eles:

   - manter um peso normal e saudável
   - praticar atividades físicas regularmente
   - não fumar
   - controlar a pressão arterial
   - evitar medicamentos que possam agredir o pâncreas

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.