Angola: Ministério da Saúde dá maior atenção às doenças crónicas - Diabetes, Vida e Comunidade

Angola: Ministério da Saúde dá maior atenção às doenças crónicas

23/04/2008 - Angola Press


Luanda, 23/04 - O Ministério da Saúde (Minsa) tem como um dos principais desafios a criação de mecanismos para controlar e dar resposta ao aumento de casos de doenças crónicas no país, com especial realce para a hipertensão arterial (hta), diabetes e cancros.

De acordo com a vice-ministra da Saúde, Evelise Fresta que procedia a avaliação da situação sanitária, em Angola são cada vez mais frequentes o surgimento de patologias que afligem os países desenvolvidos, como a hipertensão arterial (hta), diabetes, doenças mentais, cancros nas unidades sanitárias, na sua maioria ainda sem capacidade de resposta.

Estas doenças constituem grande preocupação para o Minsa, não só por serem difíceis de tratar mas pelo impacto que provocam entre a população, bem como os custos que acarretam.

Evelise Fresta afirmou que por essa razão o sector está a reforçar a atenção a estas doenças, procurando garantir o acesso aos medicamentos para a hipertensão, diabetes, doenças mentais e neoplasias (cancro), as mais frequentes e procuradas nas unidades sanitárias.

"Por isso, nós estamos a procurar tornar gratuitos os fármacos para estas patologias e a trabalharmos no sentido de criar em todas as unidades hospitalares uma consulta de hipertensão e de diabetes", frisou.

As consultas, segundo informou, ainda não começaram a funcionar, estando o projecto na fase de criação de normas e algumas condições mínimas, como a aquisição do aparelho de tensão, de medição de glicémia para o arranque das mesmas nos hospitais de diferentes níveis, incluindo os centros de saúde.

A nível do programa de luta contra o cancro está a ser preparado um dossier para avaliar a situação da doença, acompanhado pela criação em todas as províncias, de núcleos dos serviços de oncologia em cada hospital provincial, formação de vários profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de laboratório) para que em todas as consultas de ginecologia se possa fazer o rastreio precoce do cancro do útero.

De modo a garantir o diagnóstico precoce do cancro, será realizado junto das comunidades um programa de informação (sinais da doença, cuidados preventivos) e sensibilização para que a população se dirija atempadamente as unidades sanitárias e facilite a detecção e devido tratamento.

"Iniciamos uma experiência piloto em algumas unidades sanitárias de Luanda com a distribuição gratuita dos medicamentos e brevemente vamos procurar fazer extensão desta modalidade a todos os hospitais", salientou a vice-ministra.

Para melhor responder ao problema, o Minsa está a preparar-se para a construção de um hospital destinado ao tratamento de pessoas com cancro em Luanda, bem como a concepção de núcleos provinciais da unidade.

Sobre o assunto, a responsável garantiu que as propostas do projecto do hospital e financeiras já estão concretizadas.

O cancro encabeça actualmente a listas de principais doenças responsáveis pela evacuação de doentes para o exterior do país, seguido de casos ortopédicos e doenças renais crónicas.

Em Novembro último foi dado um passo importante para reduzir as evacuações de casos ortopédicos, com a abertura no Hospital do Prenda de um serviço especializado que passou a resolver os casos pendentes de junta médica.

Desde a sua abertura, mais de 70 por cento dos casos remetidos ao Hospital do Prenda já tiveram a primeira consulta e 50 por cento viram a situação resolvida. Enquanto que o Josina Machel tem disponível um serviço de hemodialise.

Constam igualmente das preocupações do ministério o combate de doenças como a tuberculose, vih/sida, desnutrição, malária, as parasitoses e as doenças infecciosas e diarreicas.

Todo esse esforço desenvolvido nos últimos seis anos está a ser acompanhado pela formação de quadros e extensão da rede sanitária.
A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

  • Ana
    27/01/2011 - 17:22

    Gostaria de saber mais sobre as diabetes?

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.