Trinta jovens aprendem a conviver com o diabetes - Diabetes, Vida e Comunidade

Trinta jovens aprendem a conviver com o diabetes

16/08/2008 - O Povo


Trinta crianças e adolescentes com diabetes estão tendo um fim de semana diferente. Desde a última quinta-feira, eles estão reunidos no Hotel Sonata de Iracema, onde participam de atividades físicas e recreativas e aprendem a controlar a glicemia para que tenham mais qualidade de vida. "Aqui eles adquirem conhecimentos de como ajustar a dose do medicamento de acordo com a alimentação", diz Adriana Forti, diretora do Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH), responsável pela realização do encontro.

Adriana Forti explica que não há uma limitação no caso das atividades físicas. "Pode ser qualquer uma que eles tenham vontade. O importante é saber que o exercício físico baixa o nível de glicose no sangue. Para compensar é só reforçar a alimentação, dando um equilíbrio à taxa (de glicose)." Com relação aos alimentos, a dica é reduzir o consumo de gorduras e açúcares. Durante o encontro, eles aprendem a fazer a contagem de carboidratos de acordo com a necessidade de cada um. "A gente também ensina a calcular a dose de insulina e orienta como eles podem aplicar o medicamento em casa", acrescenta a diretora do CIDH.

Parte das atividades recreativas é feita na praia em frente ao hotel. O estudante Leandro Pereira, de 13 anos, era um dos mais animados na partida de futebol realizada ontem com a criançada. "Dá para ter uma vida normal. É só ter cuidado que tudo dá certo", diz. Ele mesmo aplica as doses de insulina de que precisa duas vezes ao dia. "Eu jogo bola, ando de bicicleta. O problema é que a gente não pode comer tudo. Eu evito salgado, recheado (biscoito) e refrigerante."

O estudante Paulo Armstrone, 16, que também participa do encontro, admite que, em casa, não faz exercício físico. "Mas vou mudar isso. Sei que é importante para controlar a doença", promete. Paulo diz que não descuida da alimentação. "Estou comendo muita verdura. Meus pais me ajudam na hora de escolher os alimentos. Muita gente pensa que a pessoa com diabetes não pode ter uma vida normal. Mas é possível sim, basta se tratar. É com minha mãe diz, a gente tem de ser amigo da doença."

As crianças e adolescentes ficam no hotel até hoje. O dia será de mais brincadeiras e esportes. Todas que participam do evento, patrocinado pelo Hotel Sonata de Iracema, são atendidas no Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão (CIDH). A equipe que acompanha a meninada é formada por 24 profissionais, entre eles médicos, nutricionistas e educadores.


DICIONÁRIO

Diabetes - doença causada pelo aumento de açúcar no sangue e que pode afetar várias partes do organismo.

Glicose - forma simples de açúcar que serve como combustível para o organismo. Ela é produzida com a "quebra" dos alimentos no sistema digestivo. O sangue leva a glicose para as células.

Insulina - um hormônio produzido pelo pâncreas que auxilia o organismo a utilizar a glicose. Ela permite a entrada da glicose, que, por sua vez, alimenta as células.

FONTE: Banco de dados
A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.