Mãe depois dos 40: uma alegria e um risco - Diabetes, Vida e Comunidade

Mãe depois dos 40: uma alegria e um risco

17/08/2008 - IOL Portugal Diário


Há cada vez mais mulheres a serem mães depois dos 40. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), citados pelo «Diário de Notícias», em apenas uma década, o número de crianças cujas mães tinham mais de 40 anos aumentou 50,7%: em 1997 nasceram 2046 bebés e em 2007 esse número cresceu para 3083.

No entanto, os perigos, nesta idade, também são maiores. para o bebé e para a mãe. O médico obstetra Carlos Aguiar explica ao DN que quanto mais velha é a mãe, maiores as probabilidades de o bebé nascer com deficiências.

O DN cita inclusivamente estudos norte-americanos segundo os quais em 100 mil nascimentos de mulheres entre os 30 e os 34 anos, 49 bebés tinham trissomia 21, também chamada de mongolismo. Um número que aumentava para mais do dobro quando as mães tinham entre 35 e 39 anos.

Carlos Veríssimo lembra, no entanto, que «a maioria dos centros de diagnóstico pré-natal propõe a realização de amniocentese» para diagnosticar essas alterações de cromossomas.

Para a mãe com mais de 40 anos aumenta também o risco de diabetes gestacional ou hipertensão.

Apesar de todos os riscos, aquele obstetra sublinha ao DN que «a gravidez após os 40 não deve ser encarada como um abismo repleto de perigos. Há que vivê-la com tranquilidade e naturalidade».

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.