Quilos que vão, quilos que voltam - Diabetes, Vida e Comunidade

Quilos que vão, quilos que voltam

03/01/2009 - O Dia


Rio - O número de pessoas acima do peso vem crescendo. Em 1980, segundo dados do Ministério da Saúde, 12% dos brasileiros estavam de gordinhos a obesos. Hoje, são 24%. E certamente muitos já passaram pela frustrante experiência de chegar ao peso ideal, com dieta e exercício, mas voltar a engordar. O famoso ‘efeito sanfona’, ou ‘iô-iô’, muito mais do que problema estético, pode levar a doenças graves, como diabetes tipo 2 e hipertensão.

“O efeito sanfona ocorre porque as pessoas realizam longos períodos de jejum para emagrecer. Mas ninguém consegue resistir por muito tempo, e volta a comer em dobro para saciar aquela fome exacerbada que criou”, explica o endocrinologista Tércio Rocha. Ou seja, o efeito sanfona é uma espécie de ‘vingança’ de um organismo submetido a dieta rigorosa. Daí a necessidade de se seguir um programa alimentar que inclua refeições a cada três horas, leves e saudáveis, para manter sempre a fome sob controle — a famosa reeducação alimentar.

“Trabalhando melhor a causa psicológica da saciedade, podemos definir uma linha de tratamento com reeducação alimentar gradual e até o auxílio de antidepressivos, se for preciso”, diz o especialista.

A nutricionista da academia Contours, Daniele Ferreira, conta que são comuns os casos de efeito sanfona. “Uma vez não se alimentando regularmente, o organismo se manifesta na tentativa de preservar o estoque de energia. Com isso, o gasto de energia fica cada vez menor. Quando voltamos a comer, ficamos mais propícios a ganhar peso com a desaceleração da queima de gordura”, explica Daniele.

Tércio ressalta que esse ‘vaivém’ na balança também causa estresse nas funções do pâncreas. “O organismo fica desregulado, estimulando grande produção de insulina, que logo é disparada no sangue. Por fim, o fígado desenvolve resistência à insulina, que é o primeiro passo para o desenvolvimento de diabetes tipo 2”.

Depois de várias tentativas de rápido emagrecimento, sem sucesso, a agente de viagens Aline Gomes conseguiu perder gradativamente 18 kg em 7 meses. Para isso, buscou orientação de nutricionista e passou a malhar diariamente. “Após a gravidez engordei 22kg, mas com muita disciplina superei essa fase e até consegui promover reeducação alimentar dentro de casa. Com as novas receitas saudáveis, até meu marido já perdeu 4 kg”, sorri. Aline acaba de comemorar seus 30 anos. No bolo, havia uma boneca gordinha e outra magrinha. “Meus antes e depois”, brinca.

Coma devagar e seja alegre

A atriz Fabíula Nascimento, que teve que engordar 7 kg para interpretar uma “gordinha sexy e gulosa” no filme ‘Estômago’, do diretor Marcos Jorge, defende a atitude de tentar emagrecer de forma mais lenta, aprendendo a se alimentar melhor. “Para perder esses quilinhos a mais, precisei de um ano de reeducação alimentar, malhação e corrida”, revela a atriz, que chegou a comer 18 coxinhas de galinha para realizar uma cena do filme.

Especialista em vida saudável, Gillian McKeith, autora do recentemente lançado ‘Você e sua Dieta – A Bíblia da Alimentação’ (editora Campus-Elsevier), revela que alguns cuidados simples promovem o bem-estar, como fazer boa digestão, comendo devagar;
controlar o nível de açúcar no sangue e até manter o bom-humor para ter mais imunidade.

Muitas vezes a sociedade condena os “gordinhos” por acreditar que eles não perdem peso por falta de disciplina. Mas uma linha de especialistas crê que pode haver uma causa genética relacionada à obesidade. Um grupo de pesquisadores europeus e norte-americanos descobriu seis variações genéticas associadas ao ganho excessivo de peso.

Pessoas portadoras dessas características genéticas têm índice de massa corporal (IMC) aumentado. O estudo avaliou o perfil genético de mais de 90 mil pessoas de origem européia. E o que chamou a atenção foi o fato de as mutações genéticas alterarem as funções cerebrais ligadas à saciedade e à quantidade de alimentos ingeridos.
A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

  • fatima
    26/08/2009 - 20:22

    boa noite tenho 1.56 estou com 70kg ja tomei varios remedios emagreci 10kg agora tornei engorda .qual remedio vc mim indicaria pra tomar obrigado

  • Israel
    12/09/2009 - 10:57

    Tenho 40 Anos , 1,87 Cm , 130 Kilos , Diabetes e Hipertensão !!!

    Gostaria da Indicação de uma Dieta ou Medicamento para Emagrecimento ...

    Mas Preciso que Resolva ... Já fiz Várias Dietas que Emagreci , Mas Engordei o Dobro Depois !!!

    Israel .

  • Lidia
    15/02/2010 - 22:59

    Tenho 54 anos e muitos diabéticos na família. Minha glicose tem subido muito nesses últmos anos. Já esté em 110. Faço uso constante de adoçante e como doce raramente pois engordo com muita facilidade. Como vevo me previnir?

  • Débora
    08/06/2011 - 21:25

    Tenho 40 anos e ha um mês detectei diabete e alta, estou tomando metformina 850 e daonil 50, tenho sentido algum mal estar, como diarreias, fraqueza e estou perdendo peso muito rapido, antes de detectar sentia dores nas pernas e articulações, dormia mal, sentia a vista muito turva. Estou um pouco assustada e tentando me adaptar da melhor forma no novo estilo de vida, quem puder comaprtilhar, sinto dormencias nas pernas e nos braços durante a noite e pouco de dia. Aguardo desde ja ajuda, muito obrigada!!!

  • denise
    01/02/2013 - 23:46

    fiz exame e o resultado não foi sarisfatório;sou pré diabete.o meu medico mandou que eu tomasse metiformina,pórem fiquei muito mal e parei.ele pediu que mudasse a minha alimentação,pouco doce e não os caboidratos.estou super magra.por favor me ajude;

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Artigos
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.