'Ração humana' vira febre entre brasileiros

17/1/2010 - Alagoas 24hs


Doeções em dinheiro serão usadas para fazer chegar insulina ao país atingido por terrenoto

Verão é sinônimo de calor e corpo à mostra, e ninguém quer desfilar os pneuzinhos por aí. Na busca por resultados rápidos, a ração humana, composta de linhaça, gérmem de trigo, aveia e outros alimentos ricos em fibras, virou febre com a promessa de emagrecer em pouco tempo.

Segundo a nutricionista Lara Natacci, da Nutrivitta Assessoria Nutricional, de São Paulo, o composto pode auxiliar na redução de peso, já que absorve água e aumenta de volume, aumentando também a sensação de saciedade.

“Dessa forma, a pessoa passa a comer uma quantidade menor. Além disso, a grande quantidade de fibras estimula o funcionamento intestinal e capta o excesso de colesterol e glicose”, relata.

Pessoas com alimentação pobre em fibras podem sentir essa sensação mais facilmente quando começam a fazer uso da ração, afirma a nutricionista Helena M. Simonard Loureiro, diretora do departamento de Nutrição e Gastronomia da Pontifica Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).

“Mas é preciso lembrar que emagrecer depende de diversos fatores como idade, tipo de alimentação, tipo de vida, metabolismo, entre outros. A reeducação alimentar e a prática regular de atividade física são fundamentais para que esse alimento ajude no processo de emagrecimento”, frisa.

Vale salientar que a ração humana é um complemento alimentar que não deve substituir uma grande refeição, como o almoço ou o jantar. A ingestão diária do produto não deve ultrapassar duas colheres de chá, o equivalente a 20 gramas, e a melhor forma de ingeri-la é entre as refeições, com leite ou iogurte no café da tarde, por exemplo, como o Delas já mostrou em matéria publicada no dia 15/12 (Ração humana: mix de fibras promete enxugar gordurinhas)


Produção caseira

A ração pode ser comprada pronta em lojas especializadas em produtos naturais e custa em torno de R$20, mas é possível preparar o composto em casa, gastando metade do valor da versão industrializada. No entanto, quem fizer essa opção, deve prestar atenção em alguns pontos importantes como local onde o ingrediente foi adquirido, prazo de validade de cada item e o armazenamento do produto.

“Observe se o local onde for comprar os ingredientes é limpo, isso é muito importante. Depois, como serão misturados muitos ingredientes diferentes, considere o menor prazo de validade entre eles. Não consuma o composto se um dos ingredientes estiver vencido, porque o produto é feito a base de grãos que podem desenvolver fungos”, alerta Helena Loureiro. Para conservá-lo adequadamente, coloque-o em um recipiente fechado e escuro e guarde-o na geladeira.

Apesar de ser um produto natural, a ração humana pode ser contra-indicada em alguns casos. “Pacientes com distúrbios gastrointestinais onde o consumo de alimentos ricos em fibras precisa ser reduzido devem evitá-la”, alerta Lara Natacci. A nutricionista Bruna Murta, da rede de lojas Mundo Verde, que vende o produto, não recomenda a ração a diabéticos, já que a fórmula original contém açúcar mascavo, e nem a pessoas ansiosas, devido à presença de guaraná em pó. Pessoas com prisão de ventre, por exemplo, também precisam ficar atentas. “O ideal é consultar uma nutricionista para avaliar cada caso, ver o que ela pode ou não consumir, e prescrever uma receita específica para aquela pessoa. É preciso analisar a quantidade de fibras consumidas por dia e ver se está dentro da recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de até 35gramas por dia”, aconselha Helena Loureiro.

Para fazer a ração humana em casa, siga a receita:

- 250 g de fibra de trigo

- 125 g de leite de soja em pó

- 125 g de linhaça marrom

- 100 g de açúcar mascavo

- 100 g de aveia em flocos

- 100 g de gergelim com casca

- 75 g de gérmen de trigo

- 50 g de gelatina sem sabor comprada em casa de produtos naturais

- 25 g de guaraná em pó

- 25 g de levedo de cerveja

- 25 g de cacau em pó.

Bata no liquidificador ou no processador primeiro as sementes maiores, em seguida as menores e por último os demais ingredientes.

 

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

  • zelia
    23/2/2010 - 12:38

    muito bom e importante para os diabeticos

  • zelia
    23/2/2010 - 12:38

    muito bom e importante para os diabeticos

  • Dirce Menegueci
    15/7/2011 - 08:13

    gostaria de saber se o açucar mascavo,guaraná pó e o cacal pode colocar ma receita? para quem tem glicemia alta.

  • Eloi
    30/3/2012 - 08:41

    Quem tem diabetes pode tomar sem problema o pó de guaraná?

Cadastre seu comentário!

441 Usuários On-Line




Surgyplast


Novos Associados

Bem-vindos:

  • Aline - MG
  • Sidney - SP
  • Susana - SP
  • Valdemir - SC
  • Claudia - SP
  • Rita - SP
Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Outubro - 2014
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.