Número de internações por diabetes em Piracicaba cai 41,4% em 5 anos - Diabetes, Vida e Comunidade

Número de internações por diabetes em Piracicaba cai 41,4% em 5 anos

07/05/2010 - Canal Rio Claro


Secretaria Municipal da Saúde divulgou ontem (6) redução no número de internações por diabetes. De acordo com o secretário Fernando Cárdenas, a partir de dados do Serviço de Avaliação e Controle, a queda foi de aproximadamente 41,4% em relação ao ano de 2004. Ela está relacionada ao trabalho de expansão dos serviços de saúde da Secretaria implementados desde 2005.

Fernando Cárdenas disse ainda que, “a ampliação da Atenção Básica dinamizou o atendimento aos portadores de diabetes no município. Outro trabalho importante é o da Assistência Farmacêutica, com a distribuição gratuita de medicamentos. A Clínica Metabólica, inaugurada em 2009 centraliza o atendimento de diabéticos de difícil tratamento, além de desenvolver programas de orientação ao paciente e sua família e treinamento dos profissionais das unidades básicas e do Programa de Saúde da Família.

Para a coordenadora da Atenção Básica, Adriana Lemes, a população está entendendo a proposta da Secretaria, que é prevenir doenças e promover a saúde, antes dos agravos acontecerem. “Os investimentos em Atenção Básica estão mostrando que o nosso trabalho é válido. Temos números que demonstram melhorias em várias áreas, e a diminuição de internações por diabetes e suas complicações são exemplos”, afirmou.

A coordenadora acredita que o trabalho de controle dos portadores de diabetes, desenvolvido pela Atenção Básica, por meio de consultas médicas, de enfermagem, reuniões de grupo em conjunto com a Assistência farmacêutica e a CADME, colaboraram para esta diminuição das internações por complicações do diabetes. Segundo Adriana, o diabetes é uma doença que pode causar sequelas graves se não tratada adequadamente. Para garantir o controle da doença, é importante que o paciente faça dieta com restrição calórica, siga programa de exercício adequado e tome medicação em doses adequadas.

A Clínica de Atenção às Doenças Metabólicas, que voltou a atender paciente com diabetes em janeiro de 2009, foi criada para se tornar referência para pacientes de difícil tratamento e com necessidade de controle glicêmico. De acordo com Karina Corrêa, enfermeira responsável da Clínica, o atendimento é realizado por encaminhamento feito pelas unidades de saúde (UBS ou PSF) a pacientes diabéticos do tipo 1 e 2 dependentes de insulina e que têm dificuldade para o controle glicêmico, diabetes na gestação e diabetes associada a dislipidemias graves.

De acordo com a enfermeira, no local são desenvolvidos diversos trabalhos, uma vez que a equipe é formada por profissionais de enfermagem, médico endocrinologista e farmacêutico. Dentre as atividades da Clínica estão grupos de educação em diabetes e saúde, orientações sobre o uso da insulina, cuidados com dieta e atividades físicas e uso racional de medicamentos. Atualmente, 513 pessoas são atendidas regularmente na Clínica. “Este acompanhamento no tratamento faz com que o paciente mantenha o diabetes controlado, o que evita internações por complicações da doença”, disse Karina.

Para completar as ações do programa de diabetes no município estão os trabalhos da Assistência Farmacêutica, em que há o fornecimento regular de medicamentos hipoglicemiantes. De acordo com Jussara Cristiane Teixeira Bueno, coordenadora da Assistência Farmacêutica do município, os medicamentos oferecidos pela rede para o diabetes são Glibenclamida 5 mg, Insulinas NPH e regular, Metformina 850 mg e a inclusão neste ano do medicamento Glimepirida 2mg e 4 mg. “O fornecimento regular de medicamentos permite o manejo adequado dos pacientes com melhores resultados para o tratamento do diabetes”, disse.

Além do fornecimento destes medicamentos, há também o fornecimento de insumos para monitoração domiciliar de glicemia, segundo Jussara 3.996 diabéticos fazem uso de insulina no município e contam com o fornecimento destes insumos para o controle da doença em casa, além disso são distribuídos ainda para estes usuários lancetas e tiras reagentes. Jussara conta também que a Assistência Farmacêutica realiza trabalhos de educação em Saúde nas unidades, em que são transmitidas orientações sobre cuidados com medicamentos desde seu manejo até a forma correta de tomá-los.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.