Você sabia que chocolate faz bem? Tudo depende de qual tipo você escolhe - Diabetes, Vida e Comunidade

Você sabia que chocolate faz bem? Tudo depende de qual tipo você escolhe

14/04/2011 - Bagarai


Houve uma época em que o chocolate era considerado um dos grandes vilões da dieta e, principalmente as mulheres, tentavam evitá-lo a todo custo, para não comprometer a silhueta. No entanto, há algum tempo estudos comprovaram que o alimento traz benefícios ao organismo e sua má-fama foi deixada de lado. Porém, na hora de comprar a guloseima, muitas pessoas ficam em dúvidas sobre qual o melhor tipo para o seu perfil de saúde. Para que você faça uma compra segura, a nutricionista Fernanda Granja, especializada em nutrição funcional, nutrição pediátrica e fisiologia do exercício, preparou algumas dicas que ajudarão na escolha.

Como escolher?
O mercado disponibiliza um leque de opções, principalmente em épocas como a Páscoa, onde o consumo do produto aumenta consideravelmente. Para fazer uma boa escolha, antes de qualquer coisa, é necessário que a pessoa conheça suas necessidades alimentares. “Uma pessoa diabética deve escolher a versão diet e, de preferência, sem leite, ou seja, chocolates à base de soja. O leite pode atrapalhar os receptores de insulina, piorando a glicemia”, exemplifica Fernanda Granja.

A profissional conta ainda, que para os adeptos de uma alimentação saudável e equilibrada a melhor as melhores opções são as versões com mais de 60% de cacau, ou as com alfarroba. “Eles têm menor teor de gordura, de açúcar e mais antioxidantes. Isso se traduz em: redução de doenças cardiovasculares, pressão arterial, possíveis tumores e maior sensação de bem estar”, atesta.

Alternativa ao sabor amargo
Mesmo sabendo que quanto mais cacau, mais saudável é o chocolate, muitas pessoas não gostam de consumi-lo, pois não conseguem se acostumar com o sabor amargo do produto. Para não perder os benefícios, a nutricionista conta que a alfarroba é uma doce solução para o problema. “Trata-se de vagem comestível, semelhante ao feijão, marrom-escura e com sabor adocicado. A farinha de alfarroba, derivada da polpa da vagem torrada e moída, é utilizada para substituir o cacau nas preparações. Além dos nutrientes, ela não possui qualquer agente alergênico ou estimulante como a cafeína presente no cacau e possui um baixo teor calórico e alta quantidade de fibras naturais. Além disso, é liberada para os celíacos, já que não contém glúten”, completa.

Chocolate para todos os gostos
Soja: rica em proteínas de alto valor biológico, contém aminoácidos essenciais e poder antioxidante. O ovo de chocolate de soja é indicado para quem possui intolerância a lactose ou alergia a proteína do leite de vaca.

Cacau: rico em polifenóis, o chocolate amargo é indicado para quem precisa cuidar da saúde. Ele protege o coração, equilibra a pressão arterial e ainda melhora a pele.

Alfarroba: alimento com baixo teor de gordura e alto valor nutritivo por conter vitaminas B1, B2 e vitamina A. Indicado para quem é apaixonado por chocolate, mas se preocupa com a quantidade de gordura do cacau.

Polidextrose: agente substituto do açúcar e gordura com baixo índice glicêmico e baixa digestibilidade, possui efeitos similares ao das fibras solúveis. Auxilia no controle do peso corporal e reduz risco de diabetes tipo 2. Indicado para quem esta em uma dieta com restrição ao açúcar e gordura.

Whey Protein: proteína isolada do soro do leite, que auxilia no ganho de massa magra. A substância possui alto valor biológico e, estudos recentes mostram que elas possuem compostos que agem como antimicrobianos, anti-hipertensivos, reguladores da função imune e dos fatores de crescimento. O ovo de chocolate com whey protein é indicado para os praticantes de atividade física que não querem sair da dieta nesta Páscoa ou pessoas que precisam de uma boa ajuda na recuperação de massa muscular.

Açaí: excelente tônico natural, melhora a disposição e a resistência. Na dieta pode deixar a pessoa mais fortalecida, revigorada e saciada, que proporcionará uma queima maior de calorias. Também ajuda no ganho de massa magra e na eliminação de resíduos pelo corpo. O ovo de chocolate com açaí é indicado para quem quer energia de um modo mais gostoso.

Orgânico: livre de agrotóxicos e agentes químicos, o alimento orgânico possui seus nutrientes preservados pela natureza e são ricos em minerais. Estudos relatam que eles são nutricionalmente superiores aos demais. Portando, o ovo de chocolate orgânico é para aqueles que preservam a natureza e querem aproveitar as delícias dessa época de Páscoa.

Diet: a versão diet é sem açúcar, portanto é indicado para quem necessita diminuir seu consumo, ou seja, pessoas com a glicemia alterada, seja por diabetes ou por resistência a insulina. No entanto, deve-se tomar um cuidado extra, pois essa versão costuma apresentar mais gordura do que os chocolates convencionais, tornando-se mais calóricos. Exatamente por isso, não é indicado para quem faz dieta de emagrecimento.

Olho no rótulo!
A nutricionista Fernanda Granja ressalta a importância de ler o rótulo nutricional da embalagem dos alimentos, para evitar possíveis complicações de saúde. Veja as dicas!

•Fique atento para o primeiro ingrediente que está descrito no rótulo: aquilo que estiver em primeiro, é o que está em maior quantidade. Exemplo | Ingredientes: açúcar, manteiga de cacau, cacau. Comentário: esse tipo é o pior, pois tem mais açúcar do que qualquer ingrediente. Exemplo | Ingredientes: cacau, manteiga de cacau, açúcar, baunilha. Comentário: sempre escolha o que tiver maior teor de cacau na composição, do que todos os outros ingredientes.

•Verifique nos ingredientes se contém sal na preparação ou muito sódio no rótulo nutricional. O valor ideal deve estar abaixo de 120 miligramas de sódio por 100 gramas de alimento.

•Certifique-se se existe algum ingrediente que você seja alérgico.

•Cheque a quantidade de gordura da porção descrita. O ideal é não ultrapassar 20%.
Bons motivos para degustar

•O chocolate é rico em vitaminas do complexo B e, por isso, é ótimo para energia e disposição. Além disso, é fonte de proteínas.

•Possui minerais como ferro, magnésio, potássio e fósforo. Pode reduzir hipertensão arterial e produzir relaxamento muscular, diminuindo dores musculares e cefaleias.

•As catequinas, substâncias antioxidantes, auxilia na redução de doenças cardiovasculares, hipertensão arterial e células tumorais.

•Ótimo para atletas, pois promove um efeito estimulante do sistema muscular pela presença da teobromina.

•Indicado para estudantes ou idosos que precisam de uma concentração extra, pois possui cafeína, um estimulante do nervoso central.

•Fonte de um nutriente precursor de serotonina, a feniletilamina, o chocolate é indicado para aqueles que precisam de um estímulo para o bem-estar, principalmente mulheres com TPM, adolescentes na puberdade e mulheres menopausadas.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.