Ceará: Seminário tira dúvidas e orienta famílias sobre diabetes tipo 1 - Diabetes, Vida e Comunidade

Ceará: Seminário tira dúvidas e orienta famílias sobre diabetes tipo 1

13/09/2011 - Diário do Nordeste


Um seminário com o propósito de elucidar informações importantes sobre a diabetes tipo 1 acontece no próximo sábado (17), no auditório da Faculdade Católica do Ceará. O seminário, que acontece das 8h às 12h, vai abordar temas com o objetivo de orientar as famílias e a comunidade sobre a doença.

A diabetes tipo 1 é uma é uma doença autoimune, incurável, que acomete com mais frequência pessoas com menos de 35 anos. Estima-se que metade dos casos apareça na infância ou no início da adolescência. O evento está sendo promovido pelo Instituto Renan Montenegro de Apoio e Orientação à Criança Diabética em parceria com o curso de Educação Física da Faculdade Católica do Ceará.

Paralelamente às palestras haverá atividades de integração para as crianças portadoras da doença, com o apoio dos alunos do curso de educação física. De acordo com a coordenadora do Instituto Renan Montenegro, Adélia Holanda, “a educação, as atividades físicas e o rigor no monitoramento são fundamentais para o sucesso do tratamento”. Ela salienta que a convivência das crianças é importante também para a aceitação da doença, cujo tratamento é baseado em injeções diárias de insulina.

Apoio a familiares

O Instituto Renan Montenegro de Apoio à Criança Diabética foi criado em 2008 para apoiar e orientar familiares e a comunidade sobre diabetes, contribuindo para melhorar a qualidade de vida das crianças acometidas pela doença.

Sua atuação tem sido marcada pela assessoria jurídica gratuita às famílias de crianças que necessitam de tipos de insulina que não são distribuídos pela rede pública de saúde.

Sobre a doença

Diferente da diabetes tipo 2, a diabetes tipo 1 não tem relação com sobrepeso. A doença, autoimune, é caracterizada pela destruição das células beta produtoras de insulina. Sem insulina, a glicose não consegue chegar até às células e, portanto, não é transformada em energia. As altas taxas de glicose acumuladas no sangue, com o passar do tempo, podem afetar os olhos, rins, nervos e coração.

As pessoas acometidas precisam de injeções diárias de insulina para regularizar o metabolismo do açúcar.  Pessoas com níveis altos ou mal controlados de glicose no sangue podem apresentar vontade de urinar diversas vezes, fome frequente, sede constante, perda de peso, fraqueza, fadiga, nervosismo, mudanças de humor, náusea e vômito.

Serviço

Dia: 17 de Setembro
Horário: das 8h às 12 horas
Local: Auditório da Faculdade Católica do Ceará, na avenida Duque de Caxias, 101

Programação

- Importância da atividade física para o portador de diabetes tipo 1 - Professora Silvia Amélia (curso de Educação Física da Faculdade Católica do Ceará)

-Contagem de carboidratos: conhecendo os rótulos dos alimentos - Lucia de Fátima Oliveira Cortes - nutricionista

- Os Direitos dos portadores de diabetes: Luis Gadelha Rocha Neto - advogado

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.