Casos de diabetes poderiam ser evitados com hábito saudável - Diabetes, Vida e Comunidade

Casos de diabetes poderiam ser evitados com hábito saudável

10/04/2014 - A Tarde


Nove em cada dez casos de diabetes poderiam ser evitados com um estilo de vida saudável, afirmou nesta quarta-feira, 9, o pesquisador e professor de Medicina Interna e Esportiva da Universidade de Los Andes da Colômbia, John Duperly, em um seminário internacional no Rio de Janeiro.

O acadêmico foi um dos palestrantes no 5º Congresso Internacional de Atividade Física e Saúde Pública, que começou ontem no Rio de Janeiro e será realizado até sexta-feira, 11.

Duperly falou na conferência intitulada "Balanço Energético, Fluxo de Energia e Regulação do Consumo de Calorias".

O pesquisador avaliou a necessidade da existência de um equilíbrio entre as calorias que são ingeridas e as que são consumidas já que, "se temos muita energia em nossas células, bloqueamos algumas funções", comentou.

Para conseguir o equilíbrio, ele considera muito importante a atividade física diária, motivo pelo qual recomendou a prescrição de cursos de exercício para médicos e pacientes.

Por sua parte, o pesquisador americano e professor da Universidade da Carolina do Sul, Robin Shook, fez um recorrido histórico do balanço energético e observou alguns dos estudos realizados desde o século XVIII assim como os fatos históricos como as crises de fome do século XX e a Segunda Guerra Mundial.

"Estamos sobre os ombros de gigantes", comentou em referência a que as novas pesquisas se fundamentam sobre as pesquisas feitas até agora.

Shook comentou que o consumo de alimentos se complementa com o gasto energético e aquele que não é consumido se transforma em energia acumulada.

O cientista americano repassou alguns dos estudos feitos durante a Segunda Guerra Mundial, quando pesquisadores observaram o gasto energético em soldados para entender os efeitos e aplicá-los no conflito bélico.

Além disso, comentou que desde os primeiros dados obtidos pelos pesquisadores observaram que o ser humano já era "predominantemente sedentário", o que tem uma notável influência no balanço energético.

A palestra foi concluída pela diretora do Centro para a Pesquisa do Exercício, Atividade Física e a Saúde da Austrália e professora de Atividade Física na Universidade de Queenslad, Wendy Brown.

A pesquisadora falou aos presentes sobre sua experiência profissional com a qual procura promover uma mudança no balanço energético em comunidades particularmente afetadas por um equilíbrio delicado.

Neste sentido disse que "não se pode mudar o balanço energético concentrando-se em apenas um campo, mas é necessário uma aproximação global dos problemas.

Brown destacou que para avaliar o gasto energético de uma pessoa é necessário considerar toda a atividade física realizada e ressaltou que tanto aconselhar de maneira tradicional como através das novas tecnologias são formas adequadas de se aproximar do público potencial.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.