Portugal: Mais de um terço dos diabéticos de tipo 1 desenvolve nefropatia diabética - Diabetes, Vida e Comunidade

Portugal: Mais de um terço dos diabéticos de tipo 1 desenvolve nefropatia diabética

06/11/2013 - RCM Pharma


No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Diabetes, que se assinala a 14 de Novembro, a Sociedade Portuguesa de Nefrologia alerta para a prevalência da diabetes nos doentes renais, sendo que cerca de 30 a 40% dos diabéticos de tipo 1 e entre 10% a 20% dos diabéticos de tipo 2 desenvolvem nefropatia diabética, avança a sociedade, em comunicado de imprensa.

Para tentar prevenir a nefropatia diabética, e dado que a doença não revela sintomas, os doentes devem ter um controle muito rigoroso dos níveis de açúcar no sangue, devem realizar testes de pesquisa de albumina na urina pelo menos uma vez por ano, devem verificar a tensão arterial com frequência e tomar os medicamentos prescritos e fazer exames de sangue por forma a controlar os níveis de açúcar no sangue e a função renal com base no valor de creatinina no sangue. Para além disso devem ainda seguir uma dieta para diabéticos, fazer exercício físico regularmente e evitar o álcool e o tabaco.

De acordo com o Presidente da Sociedade Portuguesa de Nefrologia, Fernando Nolasco “A nefropatia diabética é uma das complicações mais temidas pelos doentes com diabetes tipo 1 e diabetes tipo 2. Esta doença renal, que resulta das lesões que a diabetes provoca nos rins, evolui em muitos casos para a insuficiência renal crónica”. E acrescenta que “nos últimos anos houve um incremento do número de casos de nefropatia diabética que atingem a fase mais avançada da insuficiência renal, fruto de melhores cuidados de saúde que resultam numa maior esperança de vida dos doentes com o consequente aumento do número de doentes necessitando de tratamento com diálise ou transplantação renal”.
 
Em Portugal, estima-se que 800 mil pessoas sofram de doença renal crônica. A progressão da doença é muitas vezes silenciosa, o que leva o doente a recorrer ao médico tardiamente, já sem qualquer possibilidade de recuperação.
 
Todos os anos surgem mais de 2 mil novos casos de doentes em falência renal. Em Portugal existem atualmente 16 mil doentes em tratamento substitutivo da função renal (cerca de 2/3 em diálise e 1/3 já transplantados), e cerca 2 mil aguardam em lista de espera a possibilidade de um transplante renal.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.