26 de Junho - Dia Nacional do Diabetes - Diabetes, Vida e Comunidade

26 de Junho - Dia Nacional do Diabetes

24/06/2014 - Paranashop


O número de diabéticos vem aumentando no mundo todo, consequência de um estilo de vida sedentário e hábitos alimentares inadequados - fatores de risco para a instalação da doença. De acordo com a endocrinologista Daniele Zaninelli, do Hospital VITA Curitiba, algumas atitudes simples podem prevenir o aparecimento do diabetes.

 São hábitos que deveriam ser adotados principalmente pelo grupo de pessoas mais susceptíveis a desenvolvê-la, como aqueles com idade acima de 40 anos, excesso de peso, sedentarismo, familiares com diabetes, mulheres que tiveram diabetes na gestação ou cujos filhos nasceram com mais de 4 Kg. Exames mostrando glicemia (em jejum) acima de 100mg/dl ou hemoglobina glicada (média das glicemias dos últimos dois a três meses) acima de 5,7% também são indicadores de alerta.

 A médica explica que melhorar a qualidade da alimentação e iniciar a prática de exercícios físicos ajudam a reduzir o risco de desenvolver diabetes. Segundo ela, uma boa alimentação deve incluir grãos, frutas e vegetais, reduzindo o consumo de gorduras saturadas e carboidratos simples (pães, doces, massas). Em relação aos exercícios, uma caminhada de 30 minutos, cinco dias por semana, já é suficiente para evitar ou pelo menos retardar o início da doença. "Estudos recentes mostram que a perda de apenas 3% do peso corporal, desde que mantida em longo prazo, é suficiente para prevenir o diabetes", revela a especialista.

 A médica explica também que, uma vez estabelecido o diagnóstico de diabetes através de exames laboratoriais, é importante iniciar um tratamento efetivo garantindo um controle adequado das glicemias desde o início da doença, evitando complicações crônicas. A falta de controle da doença pode levar a problemas como infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral (AVC), retinopatia, nefropatia, neuropatia, pé diabético, entre outros.

Tratamento - Inclui, além de uma alimentação saudável e exercícios físicos regulares, o uso de medicamentos prescritos pelo médico. Pode ser realizado através do uso de comprimidos, de insulina, ou ainda de outros medicamentos de uso injetável. Embora não exista cura para o diabetes, a doença pode ser controlada adequadamente com um tratamento individualizado, levando em conta fatores como o tipo de diabetes, a idade do paciente e a presença de doenças associadas. Quando o controle das glicemias é associado ao tratamento da pressão arterial, dos níveis de colesterol e à parada do tabagismo, o paciente obtém melhora da qualidade de vida, redução do risco de complicações e maior expectativa de vida.

Alerta - Segundo a médica, é preciso ter cuidados com tratamentos alternativos como a baba de quiabo, ou o chá de insulina, por exemplo. "Eles não são recomendados pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), pois não há evidências de que sejam eficazes e nem mesmo seguros", alerta Daniele. Além disso, podem trazer grandes riscos à saúde, principalmente em pacientes que usam insulina. Podendo também levar ao atraso no início do tratamento adequado da doença, aumentando o risco de complicações.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.