Pessoas que dormem pouco correm risco maior de desenvolver diabetes - Diabetes, Vida e Comunidade

Pessoas que dormem pouco correm risco maior de desenvolver diabetes

12/09/2014 - G1


Não são apenas os taxistas, mas todas as pessoas que dormem pouco correm um risco maior de desenvolver o diabetes. A conclusão faz parte de uma pesquisa da Universidade de São Paulo e do Instituto do Sono. Mas, afinal, qual é a relação entre as noites mal dormidas e o diabetes?

“Durante o período desse sono ocorrem produções de hormônio que estão diretamente relacionados a esse metabolismo de glicose, e a partir do momento que o indivíduo é restrito ou totalmente privado de sono ocorre um desequilíbrio dessa produção”, conta Murilo Dátillo, nutricionista - Unifesp.

Mas a pesquisa revelou também uma boa notícia: os exercícios físicos evitam o risco de diabetes causado por se dormir mal.

“O indivíduo consegue metabolizar a glicose de maneira muito mais facilitada, e inevitavelmente essa pessoa tem um risco diminuído de desenvolver a doença”, diz o nutricionista.

Os pesquisadores garantem: além de ajudar na prevenção do diabetes, os exercícios físicos devem ser considerados uma das principais formas de tratamento para quem tem a doença.
“Nesse caso, somamos os dois fatores: privação de sono ou restrição de sono, com exercício físico na intenção de atenuar ou até mesmo reverter os prejuízos causados pela falta de sono”, explica Murilo.
Pesquisa submeteu voluntários à privação do sono e exercícios físicos

Durante os testes, os voluntários primeiro foram submetidos a longos períodos de privação de sono. Depois, fizeram um tipo de atividade física que intercala momentos de intensidade com descanso. A vantagem é que, dessa forma, gasta-se menos tempo: 20 minutos por dia de exercícios são suficientes.

“Os benefícios são semelhantes aos encontrados em exercícios com intensidade moderada e contínua”, diz o professor de Educação Física - Unifesp Jorge Fernando Souza.

Os pesquisadores dizem que a eficácia da atividade física está comprovada, mas alertam: é importante que cada pessoa busque a orientação antes de começar a se exercitar.

“Cada pessoa deveria seguir uma orientação específica, a qual fica a cargo de um profissional de educação física, porque existe uma variedade muito grande da qual deve respeitar a variáveis como condicionamento da pessoa, algumas situações clínicas específicas e até mesmo os objetivos almejados por cada uma dessas pessoas”, afirma Murilo Dátillo, nutricionista.

Porteiro descobre que suar a camisa faz diferença na hora de dormir
Quem também decidiu pegar firme na ginástica foi o João, que trabalha como porteiro em São Paulo. Além de emagrecer ele teve outra conquista.

Depois do expediente, atividade física. Parece puxado, mas com orientação médica, o João descobriu que suar a camisa faz toda a diferença na hora de dormir.

“O João foi exemplar no sentido que ele seguiu à risca e eu acredito que ajudou a mudar de vida. Com exercício físico ele perdeu peso. Ele continua a trabalhando à noite, continua a trabalhar em horários irregulares, mas o sono dele é de melhor qualidade”, diz o doutor Geraldo Lorenzi Filho.
“Ah, melhorou tudo, eu fico mais tranquilo, menos nervoso. Não sou tão estressado quanto eu era, agora tá bem melhor”, conta João.

Quando o taxista Sérgio descobriu que tinha diabetes, a taxa de glicose estava nas alturas. “Eu não entrei em coma por milagre”, conta ele.

Apesar da doença e dos mais de 100 quilos de peso, Sérgio admite que às vezes abusa, na hora das refeições. “A própria madrugada te obriga, às vezes você come um cachorro quente, come um X-tudo”, diz ele.

Ele vai deixando para depois a necessidade de encarar uma dieta saudável e os exercícios físicos, sempre com a justificativa na ponta da língua: “O problema é que você não pode parar, as contas não param de chegar. Todo dia você tem que sair pra rua pra brigar”, justifica o taxista.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.