Cientistas criam remédio que pode controlar diabetes sem injeções - Diabetes, Vida e Comunidade

Cientistas criam remédio que pode controlar diabetes sem injeções

17/03/2016 - M de mulher


Boa notícia para os portadores do diabetes: cientistas da Universidade da Carolina do Norte, EUA, desenvolveram uma espécie de atadura que facilita a aplicação de insulina - remédio para controlar a taxa de açúcar no sangue. O adesivo, do tamanho de uma moeda, possui micro agulhas que contem insulina e enzimas que detectam automaticamente as taxas de glicose no sangue e, assim, administram e soltam o medicamento de forma indolor.

De acordo com Zhen Gu, responsável pela pesquisa, o dispositivo foi projetado para trabalhar rápido e ser fácil de usar. Além disso, o remédio é feito com materiais não tóxicos. Todo o sistema pode ser personalizado de acordo com as necessidades do diabético e sua sensibilidade à insulina.

Até o momento, os testes foram realizados em ratos portadores de diabetes do tipo 1 e constatou a diminuição da glicose por até nove horas. Apesar de promissora, a inovação ainda é muito recente e, segundo os pesquisadores, eles precisam de mais alguns anos para saber como o dispositivo vai funcionar em humanos. Mesmo assim, a notícia já é animadora.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.