Você, mãe, está com a saúde auditiva em dia? - Diabetes, Vida e Comunidade

Você, mãe, está com a saúde auditiva em dia?

04/05/2016 - Segs


Sintomas de perda de audição podem aparecer a partir dos 40 anos; quando não tratado, o dano auditivo pode acarretar problemas no bem estar físico e mental

Guerreiras e com multifunções, quantas mulheres cuidam da casa, dos filhos, da carreira, do marido, dos pais e acabam descuidando da própria saúde? Mãe é mãe, não é mesmo? Por isso, não importa a idade, preservar a saúde é primordial para continuar usufruindo de bons momentos junto à família e os amigos. Com o passar dos anos, as mulheres ficam propensas a inúmeros males, entre eles a perda de audição, que pode surgir já a partir dos 40 anos.

A dificuldade de ouvir gera problemas de comunicação, acarretando situações constrangedoras na família e no dia a dia em sociedade. Com o decorrer do tempo, essa incapacidade auditiva - que tende a ser cada vez mais grave se nada for feito - pode levar ao isolamento social progressivo e à depressão.

"Falar sobre deficiência auditiva nunca é fácil, por causa da resistência que as pessoas têm em admitir a surdez. Mas trazer à tona o problema é a melhor coisa a fazer. Estudos comprovam que o tratamento da perda de audição, geralmente com o uso de aparelhos auditivos, resulta em melhoras significativas na qualidade de vida”, afirma a fonoaudióloga Isabela Carvalho, da Telex Soluções Auditivas.

Pesquisas feitas por órgãos de saúde apontam que as mulheres são mais propensas a sofrer danos auditivos quando apresentam alguns distúrbios como zumbido, diabetes e obesidade. O Hospital Henry Ford, em Detroit, nos Estados Unidos, realizou um estudo que revelou que mulheres com diabetes podem ter maior probabilidade de perda auditiva conforme envelhecem e que o problema pode se agravar se o diabetes não estiver sendo controlado.

Já as mulheres obesas, com o índice de massa corporal (IMC) entre 30 e 34, têm um risco relativamente alto de perda auditiva. As que têm IMC 40 ou acima disso sofrem um risco 25% maior se comparado com àquelas que têm IMC abaixo de 25, segundo estudos realizados pela Channing Division of Network Medicine at Brigham and Women's Hospital (BWH), nos Estados Unidos.

O tinnitus, também conhecido como zumbido, também foi apontado como um problema que afeta mais mulheres que homens. Estudo feito em uma universidade de Berlim, na Alemanha, com pessoas de ambos os gêneros que apresentavam sintomas de tinnitus por mais de três meses, mostrou que as mulheres sentiam-se mais incomodadas com o zumbido.

Na maioria dos casos de perda de audição, o uso do aparelho auditivo proporciona o resgate dos sons da vida, e o que é melhor, sem afetar a vaidade feminina. A tecnologia evoluiu bastante e hoje as próteses auditivas são quase imperceptíveis no ouvido - algumas são mesmo invisíveis pois ficam dentro do canal auditivo -, o que permite à mulher, de qualquer idade, manter uma boa aparência, proporcionando liberdade e confiança nas relações com os amigos, a família e colegas de trabalho.

“Ouvir uma música, acompanhar as novelas, o noticiário na TV, conversar com amigos e parentes, frequentar ambientes movimentados, tudo isso é muito importante para a mamãe se sentir estimulada para a vida. O uso do aparelho não só ajuda a restaurar a audição como devolve a alegria de viver. Os relacionamentos ficam bem melhores e a mulher participa intensamente das conversas. A qualidade de vida dá um salto. Por isso, os filhos devem dar o primeiro passo, ajudando as mamães a procurar logo uma ajuda médica”, conclui a fonoaudióloga da Telex.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.