Entenda como a bariátrica ajuda no controle do diabetes - Diabetes, Vida e Comunidade

Entenda como a bariátrica ajuda no controle do diabetes

01/06/2016 - Segs


A cirurgia bariátrica é o meio mais procurado por pacientes que querem perder peso. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, só em 2015, 93,5 mil pacientes passaram pelo procedimento.

Mas, além de ajudar a eliminar os quilinhos indesejados, a bariátrica também é apontada como eficaz para tratar o diabetes tipo 2. Para se ter uma noção global, mais de 150 milhões de pessoas no mundo tem esse tipo de diabetes, sendo que 90% das causas estão ligadas a obesidade, falta de atividade física ou histórico familiar.

O diabetes tipo 2 é caracterizado quando o pâncreas produz insulina, mas por motivos desconhecidos, o corpo não consegue utilizá-la. A doença, em estágios graves pode causar cegueira, derrame, insuficiência renal e levar a amputações de membros.

Em um tratamento convencional a pessoa deve ter uma dieta regrada, com prática de atividade física e uso de medicamentos, orais ou injetáveis. Porém, principalmente os obesos, muitas vezes não conseguem o controle da patologia.

“A relação entre a cirurgia é o diabetes está ligada a diversos hormônios, como o GLP1 que interfere no pâncreas que vai produzir mais insulina. Isso acontece porque o alimento chega mais rápido ao intestino liberando esses hormônios”, explica Sérgio Barrichello, gastroenterologista/endoscopista da Clínica Healthme Gerenciamento de Perda de Peso.

Barrichello reforça ainda que a cirurgia de redução de estômago não cura o diabetes tipo 2, mas ajuda no controle.

Em 2012 um estudo brasileiro apontou controle do diabetes durante um ano em 99% dos pacientes pesquisados. Já uma publicação americana mostra que os efeitos podem durar até três anos e as complicações da doença são menores, comparadas ao tratamento convencional. Em outro estudo, uma parceria das universidades de Londres e Roma afirma que 50% dos pacientes analisados tiveram níveis normais de glicose no sangue por cinco anos e 80% tiveram que tomar um ou nenhum medicamento.

São candidatos à cirurgia bariátrica pacientes com índice de massa corporal (IMC) maior ou igual a 40 que não possuem doenças graves, já aqueles que têm o IMC entre 35 e 39,9 e diabetes tipo 2, hipertensão arterial, ou doença cardíaca também podem passar pelo procedimento.

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dê sua opinião sobre este conteúdo

Nuvem de tags deste conteúdo

Comentários sobre este conteúdo

Seja o primeiro a comentar este conteúdo!

Cadastre seu comentário!


Surgyplast


Noticias
  • Pesquisa
  • Associe-se
  • Fórum

Acompanhe nosso arquivo de conteúdo:

» « Novembro - 2017
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

© Copyright 1997-2017 - e.Mix

As informações apresentadas a você pelo DiabeteNet contém informações gerais.
Nenhuma informação deve ser interpretada como tratamento, diagnósticos, conselhos médicos e não deve substituir a orientação do seu Médico.