Noticias

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Zinco e implicações na diabetes tipo 2

30/01/2014 - A Tarde Uol

O zinco é um mineral essencial e indispensável na manutenção da função fisiológica normal e na homeostase celular. Desequilíbrios em sua homeostase são observados na diabetes e outras patologias como o câncer, doenças auto-imunes, cardiovasculares e Alzheimer.

O zinco têm três funções biológicas: catalítica, estrutural e regulatória. Com relação à diabetes tipo 2, o zinco e as proteínas que modulam o seu metabolismo tem um papel crucial na homeoastase metabólica nos tecidos periféricos que respondem à insulina.

O zinco apresenta mecanismos miméticos à insulina no metabolismo glicêmico e lipídico, incluindo a estimulação da absorção da glicose e da lipogênese nos adipócitos. Ele tem um papel integral no processamento, estoque, secreção e ação da insulina em resposta às mudanças na elevação das concentrações de glicose. Poliformismos nos transportadores de zinco podem aumentar o risco do aparecimento de diabetes tipo 2.