Noticias

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Inflamação, obesidade e síndrome metabólica

30/01/2014 - A Tarde Uol

Existe uma hipótese que o estado crônico inflamatório esteja associado com o excesso de tecido adiposo promovendo o desenvolvimento das doenças relacionadas à obesidade, como a diabetes tipo 2 e as doenças cardiovasculares. A Síndrome Metabólica consiste em um maior risco de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2 para ambos os sexos. A expansão da gordura branca abdominal ou visceral é relacionada à resistência à insulina e às doenças cardiovasculares em humanos e animais.


Na obesidade, as citocinas pró-inflamatórias estão com a expressão aumentada. Com o aumento do tecido adiposo há um menor suprimento sanguíneo para os adipócitos causando uma hipóxia. A hipóxia inicia o processo etiológico de necrose e infiltração de macrófagos no tecido adiposo levando a uma super produção de fatores inflamatórios como as citocinas. Isso resulta em uma inflamação localizada do tecido adiposo que se propagada a uma inflamação sistêmica generalizada associada com o desenvolvimento das comorbidades relacioadas com a obesidade.