Noticias

A Comunidade DiabeteNet.Com.Br tem como finalidade informar e interagir com os seus usuários. Antes de qualquer decisão ou atitude, é indispensavel a discussão sobre os pontos aqui abordados juntamente com médicos de sua confiança.

Dentistas podem descobrir se paciente tem diabetes

26/06/2014 - R7

Uma simples consulta ao dentista pode ajudar a descobrir se você possui ou não diabetes. Pelo menos é o que revela uma pesquisa realizada pela Universidade de Columbia (EUA) e divulgada pelo Journal of Dental Research (Jornal de Pesquisa Odontológica).

Com o título “Identification of Unrecognized Diabetes and Pre-diabetes in a Dental Setting” (Identificação de diabetes não reconhecido e pré-diabetes em consultório odontológico), o estudo sugere um protocolo de identificação de altos índices de açúcar no sangue em pacientes odontológicos.

Para isso foram avaliadas cerca de 530 pessoas com pelo menos um fator de risco relacionado ao diabetes, como histórico familiar, colesterol alto, hipertensão ou sobrepeso, por exemplo. Esses pacientes passaram por um exame periodontal que confirmou, acertadamente, que 73% deles possuíam pré-diabetes ou diabetes e tinham dentes ausentes e alta porcentagem de bolsas periodontais profundas.

Posteriormente, um teste de hemoglobina A1C - feito com uma simples picada na ponta do dedo – revelou que 92% dos pacientes pesquisados apresentavam diabetes ou pré-diabetes. Logo, a simples observação dessas duas características bucais alcançou uma assertividade muito grande.

“A análise dos nossos dados sugerem que os profissionais de saúde bucal têm a oportunidade de identificar diabetes não reconhecido e pré-diabetes em pacientes odontológicos”, garante a Dra. Evanthia Lalla, autora chefe do estudo e professora de odontologia da Universidade de Columbia. “As conclusões orais podem oferecer uma oportunidade para a identificação de indivíduos afetados que desconhecem sua condição e encaminhá-los a um médico para uma avaliação mais aprofundada”, finaliza.

O assunto ganha relevância porque no próximo dia 27 de junho se comemora o Dia Internacional do Diabético. “Essa pesquisa interessa de forma direta não apenas aos dentistas, mas também a todas as pessoas que visitam os consultórios regularmente”, acredita o Dr. José Henrique de Oliveira, cirurgião dentista e diretor de Operações e Credenciamento da operadora INPAO Dental.

“Como o diabetes favorece o desenvolvimento da doença periodontal, é importante estar sempre atendo aos sintomas. A boca seca, o mau hálito, o insucesso na colocação de implantes, a tendência à hemorragia bucal, além da gengivite e da periodontite, são as principais manifestações bucais de que algo não está bem”, alerta o profissional.

Vale lembrar ainda que pessoas com diabetes ou pré-diabetes têm maior risco de apresentar doenças cardíacas, como derrame e outras condições vasculares associadas. Atualmente, a diabetes afeta mais de 380 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo 12 milhões de brasileiros.

Sobre o INPAO Dental

O INPAO Dental (Instituto de Previdência e Assistência Odontológica), empresa especialista em odontologia, garante atendimento de qualidade em sua rede credenciada altamente especializada e está presente em todo território nacional com mais de 14 mil opções de atendimento.


* Dia 27 de junho é o Dia Internacional do Diabético. A comemoração nasceu com o objetivo de promover a conscientização de toda a sociedade sobre a doença e as formas de tratamento. A primeira celebração ocorreu em 14 de novembro de 1991. A nova data proposta pela Federação Internacional de Diabetes (IDF) e é uma homenagem ao nascimento de Frederick Banting, que em parceria com Charles Best, descobriu a insulina em outubro de 1921.